O relatório é resultado de uma pesquisa feita pelo Grupo AdoleScER em quatro escolas públicas de bairros em situação de vulnerabilidade social da cidade

O Grupo AdoleScER realizou uma pesquisa sobre a percepção da violência nas quatro escolas onde atua no Recife: Escola Maria Goretti, em Caranguejo/Tabaiares, Pintor Lauro Villares, na comunidade de Roda de Fogo, José Maria, localizada no bairro de Santo Amaro, e CAIC, em Santa Luzia.  O estudo, que fez uma análise comparativa dos anos de 2015 e 2016, foi feito com mais de 400 alunos e lançado nesse mês de junho. Os resultados foram apresentados aos/às gestores/as e professores/as das escolas e também entregue à Secretaria do Estado de Pernambuco.

A pesquisa abordou as violências mais recorrentes e que causam sofrimento social aos/às alunos/as, como bullying e agressões físicas. Ela também identificou hostilidades contra os/as professores/as e como os/as alunos/as estão envolvidos/as nesses casos. Além disso, a pesquisa analisou o impacto para a redução da violência que traz o trabalho realizado pelo Grupo AdoleScER.

Gestores/as e professores/as presentes no lançamento se mostraram impressionados/as com os resultados e ficaram gratos/as pelo trabalho da instituição, enfatizando o valor das ações e formações que o Grupo AdoleScER oferece. Foi consenso entre todos/as os/as presentes que, a partir da intervenção da instituição, o mais importante é formar os/as estudantes para que atuem de forma autônoma com o apoio da escola. Garantir o protagonismo da juventude para transformar as situações de violência escolar é o caminho que se acredita para a redução da violência.

Verifique o relatório completo aqui: Relatório da Pesquisa de Violência feito pelo Grupo AdoleScER