Apresentação da proposta na Escola Pintor Lauro Villares

O Grupo Adolescer está empenhado em entender o fenômeno da violência em duas de suas grandes comunidade de atuação, Caranguejo/Tabaiares e Roda de Fogo. Para isso, foi criado o Observatório Comunitário da Violência, com o objetivo de contribuir na diminuição dos índices de violência relacionados a adolescentes e jovens das duas regiões, observando, mediando e acionando as políticas públicas. O caminho é para proporcionar comunidades mais pacíficas, com atores compreendendo a importância em reivindicarem seus direitos e exercerem autonomia nas suas decisões de vida. O Observatório quer colaborar nas atuações que já vêm sendo desenvolvidas pelo GA para a diminuição das violências que estão sendo mapeadas.

Para o desenvolvimento desse trabalho, também é necessário a atuação junto às instituições de ensino das duas comunidades, por isso, durante os meses de abril e maio, a proposta do projeto foi apresentada a toda gestão escolar da escola Pintor Lauro Villares, em Roda de Fogo, e Maria Goretti, localizada em Caranguejo/Tabaiares. Professoras/es, administradoras/es e direção da escola conheceram e esclareceram dúvidas sobre a ação.

A construção do diálogo com as gestões escolares foi importante para o avanço dos objetivos do projeto. As escolas demonstraram grande interesse para o trabalho em conjunto e para a continuidade pela busca de melhorias para jovens e adolescentes daquelas comunidades. A parceria com as escolas, mais uma vez, se torna crucial para as transformações que o GA busca causar em suas comunidades de atuação.