Projeto de Intervenção na escola Maria Goretti em Caranguejo/Tabaiares

O grupo AdoleScER promoveu durante o 1° semestre de 2017 diversas atividades e ações nas escolas estaduais Maria Goretti (Caranguejo/Tabaiares), Pintor Lauro Vilares (Roda de Fogo), Creuza Barreto Dornelas – CAIC (Vila Santa Luzia) e José Maria (Santo Amaro). Até então, nenhuma novidade! Entretanto, as realizações destas ações foram diferentes pelo fato dos próprios líderes de opinião (que são adolescentes estudantes de escolas públicas identificados pela instituição com potencial de liderança e formados em métodos e práticas para redução da violência) terem identificado os casos de violências nas escolas, através do sistema de diagnóstico estratégico – SiDiEs (conjunto de passos e instrumentais para levantar informações acerca da escola e comunidade) e, posteriormente terem plane

Projeto de Intervenção na escola CAIC em Santa Luzia

jado e aplicado um conjunto de ações de forma pedagógica para redução de casos de violências no ambiente escolar, ativando e provocando outros estudantes a refletirem sobre seus problemas.

Segundo Tarciso Lucena, educador do Grupo AdoleScER: “Este é o momento em que os líderes se tornam agentes sociais dentro do espaço e sistema social pelo qual estão inseridos, promovendo um conjunto de ações de vinculação, com base organizativa em redes, oportunizando processos criativos para resolução de problemáticas em suas escolas e comunidades, pelo qual, pode haver a possibilidade de reduzir determinados tipos de sofrimento social.”

O Grupo AdoleScER orgulha-se de cada um de seus líderes, acreditando sempre em sua autonomia e no protagonismo de desenvolver comunidades mais sustentáveis em práticas de redução da violência.

Projeto de Intervenção na escola Lauro Pintor Villares em Roda de Fogo

Foram desenvolvidas ações bastante criativas, cada qual em sua realidade social, abordando temáticas como: Caranguejo/Tabaiares, que trabalhou o processo de conscientização dos estudantes da Escola Estadual Maria Goretti sobre a importância do respeito em suas relações, promovendo protagonismo e autonomia dos adolescentes e jovens diante o tema; em Roda de Fogo, que trabalhou o tema Redução de violência e drogas na escola Pintor Lauro Villares; em Santa Luzia, na Torre, foi proporcionado um recreio sem violência na escola CAIC a partir da utilização de práticas recicláveis e rádio escolar; por fim, em Santo Amaro, foi o trabalho sob a perspectiva da redução de comunicações violentas, visualizando um melhor fluxo de diálogos e resolução de conflitos existentes na escola José Maria.

4.12.2017