O Diário de Campo (DC) é o instrumento de compilação da informação do trabalho da equipe, das redes operativas e da rede subjetiva comunitária nas diferentes fases de implementação do Tratamento Comunitário. “Pode-se depreender, então, que o Diário de Campo (DC) é também uma narrativa do desenvolvimento da relação da equipe com a comunidade através da implementação de ações e processos do Tratamento Comunitário” (Rede RAISSS).

No Grupo AdoleScER o instrumento do DC foi inserido no processo de trabalho da equipe desde 2013 a partir da junção das metodologias TC e Educação entre Pares. O DC acompanha todas as atividades aplicadas na instituição, tanto no dia a dia, ele sistematiza as atividades com as crianças, adolescentes e jovens. O instrumento DC é realizado após cada atividade desenvolvida com as crianças, adolescentes e jovens no contexto comunitário e escolar. Se utilizar um formulário que inclui perguntas orientadoras para esse registro.

O DC como instrumento registra todo processo da atividade, as percepções do/a educador/a, as falas das crianças, adolescentes e jovens e de todos os atores e parceiros presentes. A finalidade deste instrumento é acompanhar e ajudar a sistematizar o trabalho da educação entre pares e do tratamento comunitário realizado com a comunidade entendida como um todo – um sistema de redes – em, com e a partir das comunidades. Os dados e considerações produzidos por meio da análise dos conteúdos destas ferramentas de sistematização são utilizados no trabalho como bairro.

A partir desse instrumento se anota e avalia também o que acontece na comunidade, como por exemplo: representações sócias, identificação de conflitos e violência comunitária e escolar, a história do bairro e de conflitos, redes, temas geradores e casos. O instrumento também serve para observação da atividade em si, identificando boas práticas e lições aprendidas na aplicação e desenvolvimento do trabalho com o público juvenil.

Nessa maneira, o Diário de Campo sistematiza o trabalho aplicado, serve para análise do mesmo e também ajuda que a equipe inteira monitore e entenda todo processo. A partir disso o DC tem como objetivo que “Tudo isto permite economia de tempo e maior eficácia na condução dos processos de trabalho com a comunidade e com os parceiros”, (Rede RAISSS).

Maio 2019